PROGRAMAS

COMPARTILHE EXPERIÊNCIAS

O Programa Compartilhe é responsável pela construção de espaços e metodologias colaborativas para sistematização e socialização de experiências e aprendizagens decorrentes do conjunto da prática social em diferentes áreas. Por meio do estímulo para o registro e apoio técnico on-line para processos de reflexão sobre a prática, tem os objetivos de construir um acervo sobre as experiências, mediar a reflexão coletiva sobre os temas que são transversais ao conjunto das práticas, e disseminar o conhecimento resultante – tomado como produto e instrumento de transformação social.

Mais informações

FORMAÇÃO EM REDE

Formação de equipes e mediação de processos de sistematização de experiências sociais em redes de organizações que trabalham sobre o mesmo tema (educação, juventude, criança e adolescente, desenvolvimento comunitário, entre outros) ou articuladas por um objetivo comum. Desenhado para acontecer com uma fase inicial de 12 meses dando início a um programa contínuo, propõe: (1) a formação de profissionais de organizações sociais em ‘sistematização de experiências’; (2) o apoio técnico para processos institucionais de reflexão sobre a prática e de sistematização de projetos e programas sociais; (3) a constituição de um acervo interativo de experiências e aprendizagens por área temática; (4) a mediação da reflexão coletiva sobre os temas que são transversais ao conjunto das práticas.

Mais informações

 MEMÓRIAS EM COMUNIDADES

Propõe uma metodologia para o resgate, registro e atribuição de sentido coletivo às memórias dos indivíduos, grupos e organizações de comunidades temáticas ou geográficas. Essenciais em uma sociedade acelerada, reduzida ao presente, são as memórias que vinculam os sujeitos com a experiência vivida. Propiciam tanto o fortalecimento das identidades, o estar no mundo, a inserção social, quanto a resignificação do presente e a projeção de novos futuros.

Mais informações

JOVENS PESQUISADORES

Propõe a formação de jovens como pesquisadores de suas próprias realidades. Partindo do pressuposto de que são os atores locais os sujeitos privilegiados para o diagnóstico social e levantamento de pautas e agendas que sustentam processos de desenvolvimento comunitário, o Programa forma e acompanha jovens em projetos de pesquisa que incluem a construção de metodologias e instrumentos, o levantamento, processamento e análise e dados, bem como a disseminação de seus resultados.

Mais informações

GESTÃO DO CONHECIMENTO

Procura responder a uma demanda recorrente e expressa pelos atores sociais que fazem ou fizeram parte da trajetória da CASA7: de dialogar, organizar, gerir e produzir conhecimento de modo mais coletivo, ou seja, de transitar entre as aprendizagens locais para o conhecimento organizado do conjunto de práticas.